Como funciona a ferramenta?

Um questionário composto por 13 questões é utilizado para comparar as suas opiniões e a posição dos candidatos quanto a temas relevantes para estas eleições..

1) Responda as questões com Concordo, Discordo ou Neutro.

2) Ao final, uma tela de resultados apresentará a semelhança entre suas respostas e a posição dos candidatos.

3) Confira a posição dos demais candidatos sobre as questões apresentadas.

4) Compare a biografia dos candidatos, com seus principais cargos até a candidatura.

5) Pronto! Você já está mais informado para votar de maneira objetiva e baseada em fatos.

Metodologia

Cálculo das notas

Para cada questão, há três opções de resposta por parte do usuário e dos candidatos: Concordo, Discordo ou Neutro. Caso haja equivalência entre a resposta do usuário e do candidato, considera-se 1,0 ponto. No caso de respostas “Neutras”, considera-se 0,5 ponto. Respostas divergentes não recebem pontuação. Caso não haja informação sobre a posição do candidato em determinada questão, esta é anulada para este candidato em específico, não sendo considerada para o cálculo do resultado final.
Ao final do questionário, é apresentada a pontuação média obtida por cada candidato considerando a regra apresentada no parágrafo anterior.

Fonte das informações

Para alocar as respostas dos candidatos entre Concordo, Discordo ou Neutro, foram utilizadas entrevistas recentes em veículos de grande circulação.
A tabela de respostas encontra-se na imagem abaixo:

A redução de gastos públicos deve continuar a ser a principal ferramenta do governo para o controle das contas públicas.
Haddadnão
BolsonaroSim
MarinaSim
Ciro GomesSim
AlckminSim
Álvaro DiasSim
Boulosnão
AmoedoSim
MeirellesSim
DacioloNo info
A aquisição e posse de armas de fogo por civis deve permanecer restrita.
HaddadSim
Bolsonaronão
MarinaSim
Ciro GomesSim
AlckminParcial
Álvaro Diasnão
BoulosSim
Amoedonão
MeirellesSim
DacioloNo info
Abortos devem ser legais apenas em casos de estupro, anencefalia do feto ou perigo à saúde da mãe.
HaddadParcial
BolsonaroSim
MarinaParcial
Ciro GomesParcial
AlckminSim
Álvaro DiasSim
Boulosnão
AmoedoSim
Meirellesnão
DacioloNo info
Deve haver uma idade mínima para aposentadoria e um tempo mínimo de contribuição, assim como uma revisão das regras para o setor público.
Haddadnão
Bolsonaronão
MarinaSim
Ciro Gomesnão
AlckminSim
Álvaro DiasSim
Boulosnão
AmoedoSim
MeirellesSim
DacioloNo info
A idade de maioridade penal deve ser reduzida de 18 para 16 anos
Haddadnão
BolsonaroSim
Marinanão
Ciro Gomesnão
Alckminnão
Álvaro DiasSim
Boulosnão
AmoedoSim
Meirellesnão
DacioloNo info
A indústria de agrotóxicos deve ser menos regulada, incluindo as etapas de pesquisa, produção e marketing.
Haddadnão
BolsonaroSim
Marinanão
Ciro GomesNo info
AlckminSim
Álvaro DiasParcial
Boulosnão
AmoedoSim
MeirellesNo info
DacioloNo info
A comercialização da maconha deve ser legalizada.
HaddadParcial
Bolsonaronão
MarinaParcial
Ciro GomesSim
Alckminnão
Álvaro Diasnão
BoulosSim
Amoedonão
MeirellesSim
DacioloNo info
O governo deve intensificar a privatização de companhias públicas nacionais e regionais.
Haddadnão
BolsonaroSim
MarinaSim
Ciro GomesParcial
AlckminSim
Álvaro DiasSim
Boulosnão
AmoedoSim
MeirellesSim
DacioloNo info
A contribuição sindical deve ser opcional para o trabalhador.
Haddadnão
BolsonaroSim
MarinaParcial
Ciro GomesParcial
AlckminSim
Álvaro DiasSim
Boulosnão
AmoedoSim
MeirellesSim
DacioloNo info
Universidades devem reservar um número mínimo de vagas para PPIs (pretos, pardos e indígenas)
HaddadSim
Bolsonaronão
MarinaSim
Ciro GomesSim
AlckminSim
Álvaro Diasnão
BoulosSim
AmoedoSim
MeirellesSim
DacioloNo info
O Exército deve assumir as funções de segurança pública em cidades nas quais a ordem pública esteja ameaçada, como ocorre atualmente no Rio de Janeiro.
Haddadnão
BolsonaroSim
MarinaSim
Ciro Gomesnão
AlckminSim
Álvaro DiasParcial
Boulosnão
AmoedoSim
MeirellesSim
DacioloNo info
O conceito de família deve ser aplicado apenas para a união entre um homem e uma mulher. Casais homossexuais devem ter direitos limitados à adoção, pensão, entre outros.
Haddadnão
BolsonaroSim
Marinanão
Ciro Gomesnão
Alckminnão
Álvaro Diasnão
Boulosnão
Amoedonão
Meirellesnão
DacioloNo info
Indivíduos que detêm um alto valor de patrimônio devem ser taxados de maneira específica.
HaddadNo info
Bolsonaronão
MarinaSim
Ciro GomesSim
AlckminNo info
Álvaro Diasnão
BoulosSim
Amoedonão
Meirellesnão
DacioloNo info

Candidatos considerados

Apesar da importância da inclusão de todos os candidatos, identificamos que, para alguns deles, a falta de informações públicas disponíveis (seja entrevistas, plano de governo, etc..) tornavam a comparação inválida.
Portanto, por falta de informações, os seguintes candidatos não foram considerados:
– Cabo Daciolo (PATRI)
– João Goulart Filho (PPL)
– José Maria Eymael (DC)
– Vera Lucia (PSTU)

Além disso, quanto à inclusão recente do candidato Fernando Haddad, foi considerado que este compartilhe as posições da chapa do então candidato Lula, da qual Haddad era candidato a vice-presidente. Com isto, foi possível obter informações suficientes sobre a chapa para tornar a comparação válida.